Como escolher a Aliança Perfeita

Usar aliança como sinal de união é uma tradição muito antiga, que veio de uma crença de que no quarto dedo da mão esquerda passava uma veia ligada diretamente ao coração. Foi só a partir do século IX que a igreja católica começou a usar a aliança como um símbolo de união e fidelidade entre os casais. De um modo ou de outro, elas representam uma lembrança constante de um compromisso feito por duas pessoas que se amam.

E se você está em busca de um par de alianças perfeito para vocês, nós vamos te ajudar!

Tipos de aliança

Antes de começar a escolher, é importante verificar todos os tipos de aliança que estão disponíveis no mercado. Dê uma volta por joalherias, visite sites e lojas on-line, vale tudo para se ambientar nesse universo de alianças de casamento. Assim, você confere se gosta mais dos modelos fininhos ou dos mais grossos, com pedras, acabamento fosco ou trabalhado.

Enfim, as opções são muitas e definir o que você gosta ou não é a missão desta fase.

 

Defina as características

Largura, expessura e diâmetro

Para que um anel possa ser produzido, 3 medidas devem ser levadas em conta: largura, espessura e diâmetro interno.

Essas medidas, além de servirem de parâmetro para o trabalho dos nossos profissionais, também influenciam diretamente no custo da aliança, pois determinam a quantidade de material necessário para a confecção da joia.

O diâmetro interno nada mais é do que a medida do seu dedo.

A largura é a parte mais visível da aliança. Essa característica é umas das mais relevantes no aspecto estético da joia: quanto mais larga, mais aparentes serão as alianças.

Já a espessura, também conhecida como “altura da aliança”, fica escondidinha na lateral da joia. Essa medida está diretamente associada à quantidade de material utilizado na joia.

A espessura irá influenciar na resistência e no conforto da joia. Por isso, não recomendamos que você adquira alianças com menos de 1mm de espessura (alianças com 1mm de espessura já são modelos mais leves, considerados econômicos).

Cor do Ouro

Você pode optar por encomendar suas alianças em ouro amarelo, branco ou rosé. Normalmente, os preços não costumam variar em razão disso.

Ouro Branco

O ouro branco é uma opção aos que não gostam do tom de dourado. Graças ao acabamento banho de ródio, joias em ouro branco ficam com aspecto prateado.

Uma pequena desvantagem desse tom de ouro é que o banho de ródio deve ser feito de tempos e tempos. Por isso, alianças em ouro branco acabam exigindo mais manutenção do que o ouro amarelo ou ouro rosé.

Ouro Rosé

O ouro rosé, sem dúvidas, é o mais incomum. Não é fácil vermos por aí muitas alianças em ouro rosé! Por isso, opte por esse tom se achar que combina com o estilo de vocês! Além de moderno, o rosé está super em alta.

Ouro Amarelo

9 entre 10 casais optam pelo ouro amarelo! Essa é com certeza a opção mais clássica quando falamos de alianças. Na dúvida, opte por ele!

 

Tem que provar!

Chegou a hora de ver se o modelo que você mais gostou é confortável. Não adianta nada escolher a aliança de casamento mais linda de todas e acabar se atrapalhando ou se sentindo desconfortável com ela nos dedos.

Não deixe passar nenhum incômodo, você vai usar sua aliança TODOS os dias do casamento.

Evite apenas olhar, para obter uma escolha precisa, experimente cada modelo que te agradar. Assim, você poderá perceber o peso do anel em seu dedo.

Ah! E preste atenção se suas mãos estão em temperatura ambiente, pois seus dedos podem estar inchados e interferir nas provas.

Experimente os modelos que mais gostou ou que se aproximam mais do design sob medida e sinta seu volume, peso e textura antes de tomar uma decisão.

 

Preço

Você já sabe do que gosta, do que não gosta, já experimentou algumas e se viu entre opções muito diferentes.

Provavelmente você definiu um orçamento para este investimento e está tentando se manter dentro dele nas escolhas.

Não se guie apenas pelos valores. O preço vai se diluindo conforme os dias de uso vão passando e, além disso, valores muito abaixo do mercado podem significar ligas metálicas de baixa qualidade.

Quanto aos preços, não esqueçam que vai depender muito do local e do material. Mas modelos anatômicos e mais leves costumam ser os mais baratos. Já as alianças de diamantes são as mais caras.

 

Escolha uma joalheria confiável

A empresa deve ser confiável e idônea. Verifique o tempo de existência da marca e consulte depoimentos de clientes nas redes sociais (Instagram e Facebook). É importante comprar de uma empresa que garanta a qualidade dos materiais utilizados (ouro 18k e diamantes) e ofereça suporte, caso necessário.

Como alianças são bens duráveis, é bem provável que daqui alguns anos vocês queiram fazer algum tipo de manutenção (mudança de acabamento, alteração de medidas, etc.).

Por isso, recomendamos que você sempre adquira joias de uma empresa sólida, que ofereça todo suporte necessário por muitos anos!


Pensando nisso, na Diamantina o cliente pode conhecer boa parte de nosso mostruário e fazer a encomenda de suas alianças, além de contar com uma equipe treinada e pronta para te receber.

Related Posts

Deixe um comentário