Estou noiva, e agora?

Estou noiva, e agora? 10 dicas para organizar seu casamento

Parabéns! Agora é para valer, não é?

Depois do tão esperado sim, chega a fase dos preparativos, que apesar de ser um momento de alegria, é também cheio de desafios, de poucas horas de sono e de alguns estresses, afinal, são muitas expectativas!

Mas calma, nada de entrar em desespero. O segredo é começar a planejar tudo com antecedência e de forma organizada, para que você comece essa nova etapa da sua vida de forma especial.

Para te ajudar a planejar tudo, preparamos 10 dicas para começar a organizar o casamento dos sonhos! Confira:

 

1 – Defina o orçamento

Esse é o momento de decidir quanto será gasto e o orçamento de todo o casamento. Essa etapa influenciará todas as outras, é importante manter-se fiel ao valor estipulado. Acredite, com a quantidade de opções por aí, é fácil sair da linha. O jogo entre razão e emoção deve ser equilibrado.

É claro que, de início, vocês não terão os orçamentos de todos os fornecedores em mãos, por isso, leve em conta a renda do casal e a possível ajuda de terceiros para estabelecer a quantia que será investida.

Avaliem a renda conjunta e as economias, estipulem um valor exato e trabalhem com ele. Com o orçamento de casamento definido e um planejamento adequado, é possível ter a festa perfeita.

O tipo de casamento e o estilo só podem ser definidos quando o casal souber o valor, pois existem variantes, casamentos à noite geralmente custam mais que casamentos de dia, então tudo isso deve ser analisado.

Lembre-se, vocês não querem começar a vida a dois endividados, então o segredo para a felicidade é o planejamento financeiro.

 

2 – Estilo

Eleger o estilo que dará o tom do seu grande dia é uma tarefa importantíssima, pois esta decisão afeta diretamente todos os outros elementos que irão compor o casamento, desde os convites, até o vestido de noiva!

Em primeiro lugar, pense como querem que o casamento seja. Qual o estilo combina mais com vocês? Vai ser mais clássico ou mais descolado? Vai ser pela manhã, tarde ou à noite? Vai ser na cidade, no campo ou na praia? Vai rolar uma mega festa ou um evento íntimo, só para família e amigos?

Saber o estilo do casamento é fundamental para dar continuidade e direcionamento às próximas etapas.

Já ouviu falar em brainstorming? Façam isso, listem tudo o que estiver em mente e que possa estar presente no casamento, até coisas aleatórias e preferidas como, comida, lugar, horário e o que mais acharem necessário. Procurem listar palavras objetivas e depois escolham cerca de 3 itens que irão ajudá-los a ter um “objetivo”. Por exemplo: clássico, elegante e animado.

O estilo escolhido deve combinar com a personalidade do casal e a condição financeira dos dois. Dessa maneira, é mais provável que a festa saia conforme o planejado e que vocês dois só consigam sorrir despreocupados no final!

 

3 – Lista de convidados

Montem a lista juntos, incluam todas as pessoas possíveis e depois comece a ordenar por importância e proximidade, para, se necessário, excluir alguns convidados ao final.

A lista é importante, pois o número de convidados pode limitar os locais que você pode fechar, aumentar consideravelmente seus custos com alimentação, bebidas, doces, lembranças, etc, e influenciar nos contratos que serão fechados.

A dica é, façam uma lista prévia com os primeiros nomes que lhes vêm à cabeça, para depois, juntos, iniciarem os cortes.

Deixem sempre uma margem para incluir novas pessoas que possam conhecer ao longo deste período da organização – o que vai acontecer! Com certeza, essa lista será alterada algumas vezes, mas um bom primeiro rascunho te ajudará a definir vários outros itens da organização, como, por exemplo, o local do casamento.

Os pais dos noivos muitas vezes também querem convidar amigos e conhecidos para o casamento de seus filhos. Por isso, é legal deixar uma quantidade determinada de convites separados para eles.

Defina para quantas pessoas será a sua festa e só conversem com os pais e outros parentes quando essa questão estiver bem resolvida entre vocês. Por mais popular que vocês e suas famílias possam ser, ainda assim é um momento íntimo e pessoal.

O ideal é chamar quem se importa com a nossa felicidade, quem está presente na sua vida de perto ou mesmo de longe. Esses farão tudo para prestigiar vocês!

 

 4 – A data

Comecem definindo o mês que querem casar, de acordo com o estilo de casamento que foi escolhido, e deixem a data em aberto – isso dará mais opções para encontrar disponibilidade no local preferido para a cerimônia e festa.

O verão, por exemplo, é intenso no Brasil, ou seja, uma cerimônia à tarde e ao ar livre, na cidade, pode ser sufocante — mas este é o clima ideal para um casamento na praia!

Se você escolheu casar ao ar livre, evite os meses de dezembro a março, pois costuma chover com bastante frequência.

Os meses de abril, maio, setembro, novembro e dezembro costumam ser os mais concorridos e mais caros e a época mais difícil de encontrar fornecedores, devido à grande demanda.

É importante, também, considerar a lua de mel. Sua viagem vai depender da data do casório, então considere o tempo e a época do destino escolhido.

Muito cuidado, também, com as épocas de chuva — elas podem estragar ou, pelo menos, complicar bastante os seus planos para a cerimônia, principalmente se ela for ao ar livre!

Outro elemento afetado pela escolha da data do casamento são as flores utilizadas para a decoração. Cada uma tem sua época de florir e, fora dela, são caríssimas ou impossíveis de encontrar.

Março é um mês propício a chuvas, mas seu casamento ficará lindo decorado com orquídeas. Em junho, o frio está se aproximando — e, com ele, as tulipas. Agosto carrega consigo superstições que afastam a maioria dos noivos, mas a romântica copo de leite é uma opção incrível para sua decoração!

Definido o mês, é hora de partir para o tão sonhado dia!

A maioria dos casamentos acontecem aos finais de semana, mas casar em dias alternativos pode aliviar bastante suas despesas. Os casamentos costumam sair mais caros de sexta a domingo e bem mais em conta de segunda a quinta.

Se você pretende casar também no religioso, precisa marcar a data com bastante antecedência, pois a espera em igrejas, por exemplo, chega a ser de até um ano, em média.

Além disso, casar pela manhã também pode reduzir sensivelmente os custos. O aluguel de igrejas costuma ser mais barato, há cortes em iluminação, em decoração e o horário é delimitado.

O importante é escolher uma data que seja significativa para o casal e que será lembrada como um marco especial.

 

 5 – Cerimonialista

Organizar o casamento não é uma tarefa fácil, como já falamos. São muitos os detalhes e é por isso que o serviço de cerimonial pode ajudar.

Contrate um profissional que dê todo o suporte necessário para a organização do casamento, do planejamento à execução, e ajude na escolha e negociação com os fornecedores, otimização de custos e, principalmente, garanta a execução do evento para que seu dia seja realmente mágico.

Se a grana estiver curta, tente ao menos ter uma cerimonialista no dia do casamento. Ela vai saber ajudá-los a organizar as coisas como ninguém, afinal de contas, é uma profissional preparada para isso.

A cerimonialista tem que ser uma pessoa que entenda o sonho de vocês, se identifique com eles e consiga juntar as peças do quebra-cabeça com calma e clareza.

 

6 – Monte uma Lista de casamento:

Faça uma lista de presentes! As pessoas estão doidas para presentear, mas não sabem como agradar. Elas querem ter a certeza que o presente escolhido será útil na nova casa e que vocês irão gostar.

A primeira dica é: montem a lista juntos. Sentem juntos, conversem, escolham de acordo com a personalidade e estilo de vocês.

Tentem preparar uma lista abrangente, que tenha presentes mais baratos, para quem não tem tanta grana e presentes mais caros, para quem quer gastar mais com vocês.

A lista deve ser feita de cinco a quatro meses antes da data do casamento, pois precisa estar pronta para ser enviada junto com a entrega dos convites.

Nós podemos ajuda-los nessa hora e fazer o momento ser ainda mais especial! No nosso site você escolhe os itens e modelos que mais gostam, montam a lista, e ela fica disponível tanto na nossa loja, quanto no site para os seus convidados.

CRIAR LISTA DE CASAMENTO

 

 7 – Convites

A escolha do convite de casamento é aquela etapa que dá friozinho na barriga, passa a sensação de estar cada vez mais perto do grande dia, dos sonhos e dos planos se tornando realidade.

O convite é o primeiro contato que o convidado terá com o seu casamento. É no convite que eles vão saber mais sobre o estilo do casamento, terão uma ideia de como será o dia. Por isso, não adianta você fazer um convite chique ou clássico, se o seu casamento será no campo, na praia ou com estilo rústico.

É no convite que o convidado precisa identificar como deverá se vestir, o que calçar e o que deve esperar da sua festa, para que ele possa entrar no clima do seu casamento.

É preciso também ter uma harmonia entre a decoração, o estilo do casamento, a paleta de cores e o convite. E também uma harmonia entre a papelaria do casamento, para que tenham os mesmos elementos do convite e sigam a mesma arte.

A dica é, se seu casamento for mais tradicional e luxuoso, o convite também deve seguir esse padrão, por isso, opte por cores do tipo branco, off-white, dourado, brasão com iniciais dos noivos e elementos em relevo.

Caso escolha uma cerimônia no campo ou praia, aposte em elementos que remetem a isso como, rendas, flores, papel kraft, mais cores, fotos dos noivos, etc.

 

8 – Pense na lua de mel

Um dos momentos mais esperados da fase de recém-casados é, com toda certeza, a lua de mel! Apesar de viagens românticas serem sempre bem-vindas, essa é ainda mais especial.

Para manter o clima pós casamento, a lua de mel deve ser pensada de acordo com o gosto do casal e, é claro, planejando tudo com antecedência.

A tecnologia é a maior aliada na fase de pesquisa e idealização do roteiro. Na internet é possível não só encontrar promoções de passagens e diárias de hotel, mas também conhecer destinos românticos que estão fora do circuito, com os locais preferidos dos pombinhos.

 

9 – Escolha do vestido e terno

Dos itens de uma lista de casamento, o vestido de noiva é mesmo um dos mais caros. Há quem gaste mais de R$ 5 mil no item, e não vale muito a pena na soma final da organização do casamento.

Você terá gasto muito dinheiro em apenas um elemento e terá que economizar em outros detalhes da cerimônia.

Sabemos que o vestido é uma das partes mais importantes, mas é possível encontrar vestidos lindos ou pedir para uma boa costureira reproduzir um item original de luxo, com menos da metade do valor, e o resultado final é um vestido lindo, personalizado por você e que combine com a decoração e outros elementos do casamento.

A dica é pesquisar muito. Comece pesquisando e se inspirando em modelos de vestidos de noiva que você sabe que gosta. É importante conhecer as principais novidades e tendências para noivas, além de saber também qual o modelo de vestido perfeito para o seu corpo.

Enquanto você cuida de detalhe por detalhe de seu visual de noiva perfeito, o noivo também precisa escolher o terno. Quando eu digo terno, me refiro à roupa completa, com gravata, calça e blusa social, que mais combine com sua personalidade, com o estilo de casamento e, principalmente, com a sua amada, que será a mulher mais bonita e contagiante do grande dia!

Comece avaliando o estilo do casamento e da noiva. Se for algo mais clássico, você pode escolher um terno escuro, com tons mais sóbrios e sofisticados. Já os casamentos rústicos e modernos aceitam visuais coloridos, em tons claros, com gravatas diferenciadas, combinando com o seu estilo.

O noivo geralmente não costuma guardar o terno como recordação, então vale a pena optar pelo aluguel e economizar.

Com essas dicas, vocês já conseguem um visual elegante para marcar o dia como algo inesquecível e ainda economizam.

 

10 – Personalize para chamar de seu

Um casamento marcante precisa transmitir exatamente o estilo dos noivos. Então saia do óbvio e personalize todos os detalhes, para deixar o momento marcado como único.

Uma foto do casal, um detalhe importante da vida dos dois na decoração, um tema diferente, rótulos personalizados com as iniciais e a data da festa para lembrancinhas, bem-casados ou até mesmo para uma bebida feita sob medida para a festa de vocês. Ainda que sejam pormenores, esses pequenos detalhes darão o charme pessoal que um enlace pede.

 


Prontos para darem os primeiros passos como noivos? Nos primeiros momentos, tudo parece muito confuso, mas com um planejamento adequado, tudo sai perfeito, e, quando menos esperam, já é o momento de sentar para que façam o penteado de casamento e o grande dia irá começar com grandes emoções.

Related Posts

Deixe um comentário